• Adriana Moura

Receber em Casa com Elegância

Atualizado: Mai 1


Ao convidar, o melhor critério é escolher quem gostamos de ter por perto: aquelas pessoas queridas, com quem gostamos de conversar, de quem apreciamos receber um abraço, que nos fazem rir e a quem desejamos servir tão bem quanto possível.

Mas, verdade seja dita, não é sempre que o orçamento nos permite convidar todas elas, não é? Outras vezes, não queremos ou não é conveniente ter todas essas pessoas juntas na mesma ocasião. Por isso, cuidado na elaboração da lista de convidados é essencial.


Por outro lado, quando recebemos um convite por exemplo para um simples café ou até mesmo um jantar elaborado na casa de alguém que nos é caro, o mínimo que se espera é uma retribuição à altura. Aquela desculpas tradicionais ("eu não sei cozinhar" ou "não gosto de receber em casa") já não colam mais e são profundamente deselegantes. Já há no mercado excelentes serviços de Personal Cooking: um profissional de cozinha que vai até sua casa e deixa tudo prontinho, de modo que você só precisa aquecer na hora de servir. Se as circunstâncias impedirem uma recepção mais sofisticada, faça uma visita até uma boa panificadora no bairro e prepare um café da tarde, mais simples, mas com muito charme.


A dica, enfim, é ser gentil e elegante ao aceitar um convite e, principalmente, ao retribuir a gentileza. Cortesia faz toda a diferença. Por fim, não tenha medo de excluir dos seus eventos aquelas pessoas que aceitam com presteza um convite seu, mas jamais retribuem adequadamente.


Receber com elegância é simplesmente receber com amor.