• Adriana Moura

Namorar é bom, mas organizar é melhor: aprenda a dividir o closet com seu amor



Vai celebrar o Dia dos Namorados juntando as escovas de dente? Ou já mora com seu amor, mas o guarda-roupa está um caos? Casais que passam a viver sob o mesmo teto têm uma situação semelhante: a divisão do espaço do guarda-roupa. Parece simples, mas essa questão pode causar stress e com o passar do tempo, abalar o relacionamento. Para resolver este problema, a personal organizer Adriana Moura separou oito dicas para quem quer organizar o closet de forma prática.

  1. Não acumule. Faça o descarte de peças a cada seis meses ou anualmente. Se não usou alguma peça por um ano, dificilmente usará novamente e ela só estará ocupando espaço. Deixe no armário apenas o que é realmente necessário.

  2. Deixe cada coisa em seu devido lugar para que não gere bagunça. O ideal é não dividir gavetas de meias ou roupas íntimas, por exemplo. Cada um com suas gavetas e prateleiras vai manter a organização por mais tempo. Crie etiquetas com a indicação de onde cada peça deve ficar. Assim fica fácil para qualquer pessoa manter o que você organizou.

  3. Padronize os cabides. Cabides variados e de materiais diferentes dão um ar de desleixo para o seu armário. Quando padroniza, cria um ar de organização e fica mais fácil de manter o guarda-roupa em ordem por mais tempo, além de ficar mais bonito.

  4. Proteja as roupas mais delicadas e de festas com capas protetoras que são encontradas em TNT e outros materiais. Essa simples atitude mantém as peças protegidas de poeira, sujidades e mal cheiro.

  5. Cuide com os sapatos. Não é recomendável deixar os sapatos guardados junto com as roupas, mas isso nem sempre é possível por conta do espaço. Caso não haja outra opção, o ideal é sempre limpar os calçados antes de guardar, pois isso manterá o guarda-roupa limpo e sem odores.

  6. Identifique os tecidos que devem ser dobrados e pendurados. Isso ajudará a definir qual é o espaço individual necessário para cada um no armário. Pendure: tecidos como brim, algodão, seda, cetim, viscose e linho. Peças de couro também devem ser penduradas; se dobradas, podem acabar marcadas e até mofar. Dobre: tecidos de malha fina, lã, lycra, polyester, jersey, tricô e crochê.

  7. Tenha sempre em mente que materiais para organização ajudam a otimizar espaço. Vale a pena investir em colmeias, prateleiras, nichos e cestos. Avalie seu espaço e organize de acordo com o seu estilo de vida.

  8. Respeite o espaço do outro. No corre corre do dia a dia, pode ser difícil não misturar as peças. Mas, tente evitar confusão e não ocupe o espaço do parceiro ou da parceira.

0 visualização0 comentário