• Adriana Moura

Organização para o Ano Novo


Queima de fogos na orla da praia celebrando o ano novo
O Ano Novo está chegando

Mais 365 dias passaram. Um ano certamente muito difícil para todos, A pandemia global de COVID-19 mudou e continua mudando a vida de muita gente. Novas descobertas e novos hábitos principalmente nos nossos lares precisaram ser criados. Muitas pessoas trabalhando de casa, mesmo sem ter a estrutura adequada para isso. Aulas on-line dos pequenos. Enfim, neste ano de 2020 a organização precisou estar sempre presente de alguma forma em nosso dia-a-dia.


Por isso, quero propor alguns rituais simples, que ajudarão você a se conectar com o universo, compreender o que foi 2020 e o que precisa ser feito, mudado e praticado para 2021 ser um ano muito melhor. Topa?


1. Faça uma faxina de final de ano

Sua casa é seu templo. É o lugar onde você recarrega as energias e deixa livre sua verdadeira essência. A tradição manda fazer aquela faxina na casa para iniciar o novo ano sem as "sujeiras" e energias do ano velho. Nossa casa é onde residem nossas alegrias, medos, desejos e fantasias. E esta é uma oportunidade de contemplar os espaços que passaram despercebidos, relembrar memórias, descobrir histórias, fazer mudanças e praticar o pertencimento de si mesmo.


2. Doe/jogue fora o que não faz mais sentido

365 dias é tempo suficiente para acumular muita coisa inútil. Abra seus armários e gavetas, e separe tudo aquilo que não faz mais sentido guardar, como papéis, agendas, roupas, utensílios, maquiagens e memórias que já não são mais bem-vindas. Separe o que pode ser reutilizado por outras pessoas e descarte o que não tiver mais serventia. Além de liberar espaço, você vai praticar a bondade, o autoconhecimento, o desapego e elimina toda a energia estagnada da sua casa (e da sua vida).


3. Prepare uma boa ceia para desfrutar com a sua família

Muita gente pensa em ceia apenas para o Natal. De fato, a tradição natalina é mais ligada à ideia de uma refeição em família na véspera de Natal. Muitas famílias, porém (a minha inclusa), adquiriram também o hábito de fazer um bom jantar na noite de Ano Novo. Como neste ano a maioria das famílias estará em casa (pelo menos é isso que se espera e que manda o bom-senso), pode ser uma boa oportunidade para preparar uma deliciosa ceia para comemorar o ano que se inicia.


Mesa posa e bem organizada para uma ceia de natal
A ceia, tão tradicional no Natal, também pode ser feita no Ano Novo

Para isso, e como já fiz aqui no blog algumas outras vezes, cabem algumas dicas para que tudo saia perfeito. Então vamos lá:


Assadeira de aluminio: já usou?

Na hora de preparar sua ceia, como aves, carnes, tortas, lasanhas e diferentes receitas (doces ou salgadas), muitas pessoas costumam recorrer à assadeira de alumínio descartável, o que é em si uma boa dica! Para quem não conhece, esse utensílio é bem leve, resistente, garante praticidade e um rápido cozimento, sendo ótimo para o preparo de alimentos de uma forma geral. Eu particularmente amo de paixão e uso o ano todo sempre que tenho que preparar um assado.


Pense que o último dia do ano normalmente é super-corrido: você precisa arrumar a casa, cuidar de si mesma e preparar os alimentos em uma assadeira de vidro/teflon significar que depois você ou alguém da família vai ter que lavar essas travessas. Ninguém merece não é mesmo? Então, facilite sua vida. Eu prefiro comprar as minhas em casas de embalagens, que vendem em quantidade (10 unidades) e acaba saindo mais barato que a compra avulsa no mercado.


4. Como descongelar os alimentos

O meu amigo e colunista aqui do blog, Dr. Roberto Figueiredo (o "Dr. Bactéria") preparou gentilmente as dicas abaixo para o preparo dos alimentos para a ceia ou jantar de Ano Novo com segurança. Tudo que você vai ler daqui para baixo é uma contribuição dele para o blog.


A forma segura de descongelar os alimentos

Uh, oh! Você está em casa e esqueceu de descongelar algo para o jantar. Você agarra um pacote de carne ou um frango e usa água quente para descongelar rápidamente. Mas isto é seguro? E se você lembrou de tirar o alimento do congelador, mas esqueceu e deixou o pacote sobre a pia o dia inteiro, enquanto você estava no trabalho?


Nenhuma destas situações é segura, e estes métodos de descongelar podem levar a uma Doença Veiculada por Alimentos. O alimento deve ser mantido a uma temperatura segura durante "o descongelamento." As comidas são indefinidamente seguras enquanto congelados.


Porém, assim que o alimento começa a descongelar, chegando sua temperatura superior a 4ºC, qualquer bactéria que estava no produto, no momento do congelamento, pode começar a se multiplicar.


Alimentos nunca devem ser descongeladas em pias ou mesas a temperatura ambiente, ou em água quente. Quando o alimento se encontrar em uma temperatura acima de 40°C, não se encontra em uma temperatura segura.


Embora o centro do pacote pode ainda estar congelado quando ele descongela na pia ou mesa, a camada exterior do alimento está na "Zona de Perigo," entre 4 e 60ºC – temperaturas em que as bactérias se multiplicam rapidamente.


Quando descongelar alimentos congelados, é melhor planejar-se e descongelar na geladeira onde ele permanecerá em uma temperatura segura, constante, isto é, a 4ºC ou abaixo.


Existem três caminhos seguros para descongelar alimentos: na geladeira, no microondas, ou em altas temperaturas para alguns tipos de alimentos porcionados.


Descongelando na geladeira

Planejamento é a chave para este método por causa do tempo longo envolvido. Um produto congelado grande como um peru exige pelo menos um dia (24 horas) para todo seu peso. Quantias pequenas de alimentos congelados ­­­­­­­­­­­­­­– como 454 g de carne moída ou peito de galinha sem osso – exigem um dia inteiro para desconcongelar. Quando descongelamos alimentos na geladeira, existem variáveis para levar em conta.


Algumas áreas do refrigerador podem manter o alimento mais frio que em outras áreas. Alimentos colocados na parte mais fria exigirá mais tempo para descongelamento. O alimento precisa de mais tempo para descongelar em uma geladeira fixada à 1,6ºC que uma fixada à 4ºC.


Depois de descongelar na geladeira, carne moída e aves deve permanecer viáveis por um ou dois dias, antes da cocção; carne vermelha, 3 a 5 dias. Os alimentos descongelados na geladeira podem ser recongelados sem cozinhar, embora pode haver alguma perda de qualidade, por isso não é muito indicado.


Descongelando no microondas

Quando o microondas descongela os alimentos, a cocção tem de se efetuada logo após o descongelamento pois algumas áreas podem se tornar mornas e começar a cozinhar durante o processo. Manter o alimento parcialmente cozido não é recomendado porque qualquer bactéria presente terá sido destruída, mas terá alcançado temperaturas ótimas para o seu crescimento.

Forno de microondas embutido
Descongelando alimentos no forno de microondas

As comidas descongeladas no microondas devem ser cozidas antes de recongelar.


Descongelando em altas temperaturas


Algumas vezes podemos colocar alimentos congelados em contato com altas temperaturas, sem perda da qualidade dos mesmos. Estamos falando de alimentos específicos como, hambúrgueres e filé de frango que são colocados diretamente em chapas aquecidas, batatas congeladas colocadas diretamente em óleo quente para fritura e alguns legumes congelados que são colocados diretamante em água fervente


Tenham todos uma ótima ceia com todas essas dicas e um Feliz Ano Novo para vocês!

8 visualizações0 comentário